Prioridade de Atendimento às Pessoas em Tratamento Contra o Câncer

+Democracia Direta

Prioridade de Atendimento às Pessoas em Tratamento Contra o Câncer

Atualmente, o legislador brasileiro reconhece que merecem atendimento prioritário as pessoas com deficiência, com crianças de colo, idosos com mais de 60 anos de idade, gestantes, lactantes e obesos.

Todavia, a lei não contempla indivíduos que estejam se submetendo a sessões de quimioterapia ou de radioterapia para tratamento do câncer. Tal omissão deve ser corrigida, visto que, há previsão de acentuado aumento da incidência dos vários tipos de câncer.

Proposto por:
Romário
85
2

Favorável

  • Em geral, pacientes com câncer não possuem condições físicas para enfrentar demoradas filas;
  • Pessoas que se submetem a radioterapia e a quimioterapia enfrentam efeitos colaterais como mal-estar, náusea, vômito, diarreia e deficiência imunológica decorrentes da aplicação dessas terapias;
  • Melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Contra

  • Nenhum!